FLORESTA

Uma história sobre ciclos e ensinamentos

Por Vergilio Lopes

FLORESTA

Ali se guarda na pureza do solo os segredos ocultos dos antepassados. Em épocas de transição as plantas conversam com o vento, basta parar e sentir.

Algumas flores pedem gentilmente para mudar de cor, as árvores gostam de renovar as folhas. Algumas plantas pedem para nascer e delicadamente outras pedem pra morrer. O vento com todo seu amor sussurra cantos mágicos realizando o desejo de todo ser da natureza.

Tem dias que eu fecho os olhos e me faço natureza. Converso desejos com o vento.