1/3

Projeto Cenográfico para peça "As Cinco Pontas de Uma estrela Torta 

Ficha técnica da peça:

Texto e Direção: Maurício Fülber

Cenografia, Figurinos e Programação Visual: Vergílio Lopes

Trilha Original: Maurício Fülber

Iluminação: Casemiro Azevedo

Elenco: Ana Spohr, Bruna Johann, Juliano Rangel e Martha Brito

Confecção de Figurinos: Odete Banaletti

Classificação: 12 anos

Espetáculo Adulto/Drama

Cartaz Oficial e Animação para Teaser da peça.

 

                 O espetáculo As Cinco Pontas de uma Estrela Torta estreou no dia 5 de abril de 2014, no Teatro Municipal de São Leopoldo (Centro Cultural José Pedro Boéssio) com significativo sucesso de público e crítica. A peça, dirigida e escrita por Maurício Fülber, conta a história de Savine, uma menina de 10 anos que conversa com seu ursinho de pelúcia sobre ciência, filosofia e física quântica antes de ir dormir.  Ao mesmo tempo é uma adolescente de 16 anos que está vivendo sua primeira paixão e também uma mulher de quase 30 anos refletindo sobre suas escolhas de vida. Essas três fases de uma mesma personagem se alternam e se encontram em cena para contar essa história sobre sonhos, amores e frustrações, num texto que traz uma reflexão poética sobre a condição humana.

 

                 O designer Vergílio Lopes assina o cenário, o figurino e toda programação visual do espetáculo As Cinco Pontas de uma Estrela Torta, que ainda conta com o trabalho de Casemiro de Azevedo na Iluminação. O elenco é formado por Ana Spohr, Bruna Johann, Juliano Rangel e Martha Brito.

 

A trajetória promissora deste trabalho cênico teve início em 2013, quando o texto do espetáculo conquistou o "Prêmio Dramaturgia no Festival Niterói em Cena 2013 – Rio de Janeiro". Já em sua fase final de montagem, As Cinco Pontas de uma Estrela Torta foi um dos quatro projetos selecionados pela Secretaria de Cultura de Porto Alegre para integrar o Projeto “Novas Caras”, que, todo semestre, procura lançar espetáculos e novos talentos no espaço teatral porto-alegrense. A peça foi apresentada na capital gaúcha nos dias 7 e 14 de maio, no Teatro de Câmara Túlio Piva, e nos dias 21 e 28 de Maio, na Sala Álvaro Moreyra. Além disto, a peça também integrou a seleção oficial do "Festival Cenata 2014", que foi realizado no mês de maio em Araçatuba/SP.

                Em junho, o espetáculo foi o grande vencedor no 23º Festival de Esquetes Teatrais de Novo Hamburgo, realizado entre os dias 16 e 22. A peça conquistou os prêmios de Melhor Espetáculo Profissional, Melhor Direção, Melhor Atriz (Ana Spohr), Melhor Ator (Juliano Rangel), Melhor Texto Inédito e Melhor Iluminação (Casemiro de Azevedo), além de indicações para Melhor Cenário (Vergílio Lopes), Figurino (Vergílio Lopes) e Trilha Sonora (Maurício Fülber).

                O bom desempenho no festival rendeu um convite para que o espetáculo fosse apresentado durante o Seminário A Cidadania e o Trabalho em Rede nos Municípios no dia 8 de agosto, em Porto Alegre. O evento foi promovido pelo Instituto Brasileiro em Defesa à Pessoa.

                No dia 9 de agosto, As Cinco Pontas de uma Estrela Torta subiu ao palco do Centro de Cultura de Novo Hamburgo para uma apresentação especial dos vencedores do 23º Festival de Esquetes Teatrais de Novo Hamburgo. Já nos dias 16 e 17 de agosto, a peça foi encenada no Teatro Municipal de São Leopoldo.

                Entre os dias 18 e 22 de agosto, As Cinco Pontas de uma Estrela Torta participou do 9º Festcarbo (Festival Estadual de Teatro da Região Carbonífera), realizado em Arroio dos Ratos, onde foi o grande premiado do evento. A peça conquistou 5 prêmios, sendo eles o de Melhor Espetáculo, Melhor Direção (Maurício Fülber), Melhor Cenário (Vergílio Lopes), Melhor Trilha Sonora (Maurício Fülber) e Melhor Maquiagem (o Grupo) . Além destas premiações, a peça foi indicada para o prêmio de Melhor Atriz (Martha Britto), Melhor Figurino (Vergílio Lopes) e Melhor Iluminação (Casemiro de Azevedo).

                Já em sua participação no 3º Festival de Gravataí, o espetáculo conquistou o prêmio de Melhor Iluminação (Casemiro de Azevedo) e uma indicação para Melhor Maquiagem (o Grupo).

 

Juliano Rangel

 

As Cinco Pontas de uma Estrela Torta