MERGULHO 4

 
INFILTRAÇÃO.jpg

INFILTRAÇÃO

Nem sempre a porta está aberta. É necessário Invadir pelos cantos mais improváveis do inconsciente, para encontrar respostas ou tomar café. É um processo íntimo que olhamos internamente os muros que nos barram ou nos protegem.

 

Infiltração que marca o passado, o presente e o futuro, que merece concerto, aceitação, orgulho de ser. Aqui busca-se equilíbrio. Um dos olhos observa o lado de fora e outro o lado de dentro, nunca fixam eternamente na realidade, buscam na subjetividade afago pra existir em paz.

IMG_8883 copy.jpg

Há silêncio nos meus espaços

Um assovio sutil de nada 

que flutua pela casa.

 

Há silêncio nos meus cantos

Canto

ecoando uníssono em noites turvas

 

Há uma quietude que acaricia a face

Um frio aconchegante que me convida

Uma dança de girar.

 

Há um silêncio de falar de mim

Que revela sussurros detrás das portas

Há um silêncio de falar de mim 

Que revela coragem para abrir as portas

 

Há sussurro no meu silêncio 

e ja tomou conta da casa do corpo

Se estendeu pela sala pelo exófago 

alimentou a alma o tempo

vibrou as janelas, ressou as verdades.

capa 2.jpg

MORALHA

Uma busca pelo fluxo interno e externo de me habitar.

Venho estabelecendo uma relação conceitual com o corpo e com a casa através da arte. Parto da experiência solo de fazer uma análise delicada partindo de três ações básicas.

OBSERVAÇÃO

Aqui a casa é o corpo, intacto ou em desfragmentação. Há deslocamento na alma, que se desprende e olha pra si, por ângulos que revelam o que não lembramos mais.

 

INFILTRAÇÃO

Nem sempre a porta está aberta. E é necessário Invadir pelos cantos mais improváveis do inconsciente.

 

PERTENCIMENTO

Aqui toma-se posse novamente da casa corpo e com carinho ganha-se pertencimento de si. Tira-se os amores do armário e coloca-os nas paredes. Os cômodos ganham sentido e conversam, revelam a beleza de ser quem se é. Meu corpo é casa e minha pele é parede.

Toda casa corpo é morada que acolhe e muralha que aprisiona. 

MORADA. casa ou lugar em que se habita; moradia, moradio.

MURALHA. muro extenso, alto, espesso, ger. composto de grandes blocos de pedra, e construído para defender fortalezas, cidades etc. dos eventuais ataques inimigos; muramento.

IMG_4393.jpg
11a.jpg
8.jpg

plástica

"Indicaria uma plástica na alma de um jeito mutável e ousado. Indicaria, vez ou outra, trocar de pele e de face. Indicaria vestir novas histórias e degustar sentimentos e vidas."

Vergilio Lopes

TORMENTA

Havia prazer em ser mais de um. Múltiplo.Multiplos.

Como acontece com algumas ventanias vi beleza na tormenta dos nossos corpos.

IMG_7117.jpg

CASA

como galeria

IMG_7116.jpg
IMG_7125.jpg
IMG_7124.jpg
IMG_8346 copiar.jpg

camadas

O que você desenha sobre a superfície?

IMG_0259.jpg

EXPERIÊNCIA 4

OLÁ QUERIDISSIMES!

Se referenciar nas fotos produzidas para ilustrar um ítem que representa você sobre algumas texturas produzidas. Teste + Teste +Teste ...

IMG_0259.jpg

1/2